Bom Dia! Boa Noite!

Furacão
De ponderações
Suscitou a Poesia
“Renegar a Crença”
Invariavelmente
O verbo
Ponderar
Se torna
Absolutamente
Adequado
Antes de qualquer
Movimento
Seja este
Uma palavra
Um gesto
Um olhar

Aprender a ponderar
É aprender a viver…
Em companhia
Do bom senso
E de boas vibrações

Nenhum pensamento
Escapa
De nossa intercessão…
Ou melhor,
Não da minha…
Eu ainda sou
Um espírito
Que ainda
Não recebeu
O diploma
Concluiu…

Quero dizer,
Dos Membros da
“Plêiade do Amor Universal”
Estes sim,
Tem autorização
Do Pai
De escarafunchar
Pensamentos
Sentimentos
Atitudes

Para que
Possam
Passar
Uma intuiçãozinha aqui
Uma coincidênciazinha
Uma leiturazinha acolá

Tudo…
Para que ninguém
Se isente
Da oportunidade
De aprender
A ponderar

Bem…
Mas para aqueles
Que de tantos
Afazeres por fazer
Não tem tempo
De ler
Absolutamente nada?
Não prestam atenção
Nas intuições?
Passam ao largo
Das coincidências?

Ah!! Mas tempo
Para dizer
Bom Dia!!
Boa Tarde!!
Boa Noite!!
Todos tem…

Vocês nem imaginam
O quanto de
Conexão amorosa
Se reveste
Um simples
“Bom Dia!”

Ninguém
Tem intenção de
Mais nada
Além de se conectar
Com o irmão
Que inicia
Mais um dia

E desejar:
Seja produtivo
Seja amigo
Saiba ponderar
Doe e receba Amor
Enxergue Deus
Em tudo que te cerca

Esta é a energia
Destas saudações
Repetida
Incontáveis vezes
Ao longo da evolução

Aos pouquinhos…
A cada saudação
A intenção de cada um
Foi se agregando
A elas

A mãe olha para o filho
Pronto para
Ir ao trabalho
E diz:
“Tenha um Bom Dia…”
Pensando
No sol
No trabalho prazeroso
No aprendizado
Na alegria
Nos amigos sinceros

E assim,
Outra mãe
Morando no outro
Do Planeta
Falando outra língua
Olha para o filho
E pronuncia
A mesma frase

Toda a energia
Que todas as mães
De todos os tempos
Agregaram
A esta saudação
Atinge em cheio
O filho apressado
Que se vira
Dá um sorriso
Um beijinho
E diz:
Tenha você também
Um Bom Dia!!

E assim,
A roda do amor
Prossegue
Entre
Amigos
Familiares
Conhecidos
Desconhecidos

Não é Nina?
Não é Terezinha?
Não é Mônica?
Não é Miltes?
Não é Carol?
Não é Wania?
Não é Nádia?
Não é Camila?
Não é Simone?
Não é Áurea?
Não é Bernadete?
Não é Elizabete?
Não é Eliane?

Porque especificamente
Estas meninas?
Porque elas fazem
Parte de um grupo
De whatsapp
Composto
Por trinta e seis
“Amigos”

Mas porque
Pincei este grupo
Em meio
A milhares e milhares
De outros?

Porque eu
Também
Sou um integrante
É claro que
Não tenho celular
Pois sou
Reconhecidamente
Desencarnado

Como assim??
Vocês sabiam
Que todos os grupos
Tem integrantes…
Como direi…
Que já não
Precisam
Mais usar
RG e CPF?

A quase um ano
Pedi para
Minha Amiga Parceira
Formar um grupo
De amigos
Conectados pelo celular

Afinal…
De que me vale
Escrever tantos
“chacoalhões”
Se não damos
Oportunidades
Que sejam lidos

Bem,
Em outra Poesia
Conto mais
Detalhes
Sobre este grupo
Aparentemente
Igual a todos os outros
Mas na essência…

Deste jeito,
Perco o fio da meada
Voltando ao
Bom Dia
Boa Tarde
Boa Noite
Bom Trabalho
Boa Viagem
E voltando
A Poesia
“Renegar a Crença”

O que tem a ver??
Tudo… tudo… tudo…
Eu me esquivarei
Dos dois grupos citados
Porque
Como  desencarnado
Sou só energia
Não tenho nada
Que se assemelhe
A alguém vivendo
No orbe terrestre
A não ser
Um espírito
Em aprendizado

E sendo assim,
A minha energia
É atraída ou se afasta
Das energias
Emitidas por encarnados

Em especial,
Quando estes
Se juntam em grupos

O meu singelo
Grupinho do
Whatsapp
Onde
Compartilho
Minhas Poesias e
Alguns palpitezinhos…

A cada dia que passa,
Me deixa mais
À vontade
A ponto
De muitos
Mentores
Me pedirem
Auxilio
Para intuir
Falar ao pé do ouvido
De alguém
Do grupo
Que em um dado momento
Dá um escorregãozinho

Noossa!!
Tenho tanto carinho
Pelas trinta e cinco meninas
E pelo único rapaz do grupo
Que vira e mexe
Volto a falar deles…

Voltando
Mais uma vez…
Toda esta tecnologia
Que em um piscar
De olhos
Tomou conta
Da vida de todos…

Nada mais é,
Que uma ferramenta
Intuída pelo Alto
Aos homens terrenos
Para que pudéssemos
Difundir
Ensinamentos Divinos
Sem intermediários…

Do Céu
Direto
Ao alcance
De seus olhos!!

É claro,
Que com a ajuda
De muitos encarnados
Que definitivamente
São nossos colaboradores
Não ocultam
Não deturpam
Não selecionam
O que temos a dizer

Sabemos, porque…
Sentimos a energia
De cada um deles

Então,
Não é justo
Que por conta
De intermediários
Que se postam
Como mediadores
Do bem e do mal
Nossos “chacoalhões”
Não cheguem
A todos
Que estão dispostos
A aprender mais

Os meus amigos daqui
Ficaram tão tristes
Com a minha tristeza
Quando minhas Poesias
Foram “barradas”
Em um instrumento
Que foi desenvolvido
Exatamente
Com objetivo oposto
Espalhar e não impedir

Que correram buscar
Novos Grupos!!
E sabem o que aconteceu?
Hoje, faço parte
De vários deles
Uma beleza!!
Nenhum com milhares
De membros

Mas todos…
Privilegiando
Os cumprimentos
Que carregam
Energias sutis
Carinho
Amor
Alegria
Compaixão
Liberdade
Respeito

Tanto é
Que decidi
Compor
Poesias
Curtinhas
Só para eles…

Já estamos
Compartilhando…
Meus novos grupos
São muito especiais
Amigos sinceros
Donas de casa
Jovens curiosos
Professores
Doutores
Adolescentes espertos
Trabalhadores braçais

Enfim,
Ninguém preocupado
Em censurar
Em publicar tratados
Em se colocar na defensiva

Muitos… “Bons Dias”
Muitas… mensagens singelas
Muitas… fotos belíssimas
E muita… muita… energia sutil
Apenas… e tão somente isso

Reflexo de uma
Nova Era
Onde quem ditará
Os acontecimentos
Será a vibração amorosa
De irmãos
Preocupados
Apenas em Servir!!

Poeta Estelar


Ponderar e Seguir

Se todos tivessem o cuidado de pensar antes de agir, muito do que se vê hoje em dia poderia ser, com certeza, evitado. Tomar decisões precipitadas é algo fadado a tingir de cores escuras muitos acontecimentos futuros que bem poderiam carregar as cores do arco íris. Em algumas situações, o precipitado pode muito bem não se arrepender de ter tomado determinado caminho, mas isto é raríssimo, para quem gosta de estatística, aproximadamente um por cento dos casos. O certo mesmo, é avaliar, pensar, ponderar, antes de seguir.
Ora, mas isto é uma lição básica, que todas as mães ensinam aos seus filhos assim que eles ingressam na Escola Fundamental. Elas costumam dizer, pense bem antes de fazer isto ou aquilo, para não se arrepender depois. Os filhos, com ares de sabe tudo, muitas vezes caem em suas próprias armadilhas, porque se esqueceram de ponderar a situação, antes de se lançar de cabeça. Não me refiro somente aos jovens, mas também aos adultos. Todos, sem exceção, por carregarem o fardo de ainda serem aprendizes, podem, em um momento ou outro se esquecerem que antes de seguir é necessário pensar, e muito…
Dito isto, precisamos analisar acontecimentos, muitas vezes qualificados como obra do acaso, sob a ótica de que tudo o que ocorre sobre esta terra abençoada, passa antes pelo crivo do Amor Universal, absolutamente nada acontece, me referindo tanto a momentos bons como ruins, sem que haja um toque do dedo de Deus. Podemos sentir a proteção, caso tenhamos a hombridade de nos colocar em nosso lugar: um filho aprendiz em contínuo aprendizado. Olhar com descaso amor e proteção é prolongar o tempo do aprendizado. O pensar e ponderar é arma dos inteligentes para que a conclusão deste período de tantas lições se encurte. Não pensou, não ponderou, tropeços se revestem em aprendizado contínuo, portanto, mais ensinamento do Grande Professor.
Aimanon

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s