Carinha de Anjo

Que linda!!
Disse o jovem emocionado
Quem diria?
Eu, o menino
Que achava
Que jamais se casaria
Pai!!

É uma emoção
Sem igual!

A mãe do rapaz
Avó de Catarina
A menininha recém nascida
Cuja mãe
Afirmou segura

“Sou muito jovem
Pode ficar com ela!
Vou cuidar de minha vida
Também não me interesso
Por seu filho
Ele é um crianção!”

Reflete…
Olhando a cena fixamente
A senhora de meia idade
Pondera
Minha vida mudou para sempre
Terei mais de sessenta anos
Quando terminar de criá-la

Mas não tem
Outro jeito
Meu filho é uma criança
Mal terminou os estudos!

E aquela doida?
Mãe desta Carinha de Anjo
Jamais poderei contar com ela

Tenho que me conformar…
Agora a responsabilidade
É minha!!

Epaa!! Precisamos esclarecer…
Esta é uma situação corriqueira
Avós se colocando
No lugar dos pais
Sem ao menos se preocupar
Em saber mais…

Se o mérito
De criar o bebê
É deles!

Se o filho
A nora
Não estavam
Precisando
Exatamente desta filha
Para crescerem?

Se suas próprias missões
Não estão aguardando
Para serem
Executadas?

Se o Universo
Está dando
Uma oportunidade
Aos jovens papais

Se reajustes cármicos
Não serão exatamente
Esta oportunidade?

Qualquer que seja
O motivo
Vovó se acalme
Não se precipite

Catarina
Crescerá feliz
Ao lado daqueles
Que oportunizaram
Seu retorno!

Mas se realmente
Decidir
Tomar para si
Esta tarefa

Não se esqueça,
Tudo neste
Universo bendito
Segue o compasso
Das Leis Divinas

Quem sabe,
Se respirar fundo
E não interferir
Seja o melhor a fazer!!

Poeta Estelar
By Elza Horai

“Quem diria que o caminho da lucidez pode sempre ser o mais fácil? Pois é, porque aí, o corpo, a mente, a alma, estão em equilíbrio. Decidir com base naquilo apenas que “achamos” ser o melhor, às vezes, pode se transformar em desequilíbrios que estão além do nosso entendimento. A Luz da razão, aliada a Luz do coração e a Grande Luz que está acima das dimensões visíveis, é que proporcionarão o equilíbrio necessário para que as decisões não se transformem em poços de arrependimento, em especial, quando elas dizem respeito a outras vidas… a outras almas… a outras trajetórias. Neste caso, as decisões acabam se transformando em responsabilidade pelo equilíbrio do outro. Deus, em sua infinita bondade, nos legou apenas nossas próprias tarefas, e isto já é muito! Pode até ser que sua missão seja auxiliar o outro na sua missão… mas parou um pouco, refletiu, teve dúvidas, não prossiga… aguarde por uma clareza que certamente virá. Se realmente for esta a decisão acertada, o seu coração dirá! É obvio que toda a Luz que você se faz acompanhar, mostrou o caminho para o seu coração. Fique atento! Lucidez!”

Imagem de apresentação do post “Carinha de Anjo’ de Sarah Richter por Pixabay

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s