Solenemente Apresento

Palmas!! Pede o apresentador!
O público responde prontamente
Um barulho ensurdecedor
O teatro ganha vida
As vibrações reverberam
Por todos os cantinhos
E mais, se espalham pelo Universo…

Entra o grande cantor!
Alguém grita: – Maravilhoooso!!
Outros acompanham
Gritando em contraponto

A orquestra começa a introdução
Vemos o palco todo iluminado
No centro, o conhecido cantor
Se coloca em posição
De iniciar a grande apresentação…

Os olhos estáticos, respiração suspensa
De repente, a voz interage com o som
E uma melodia harmoniosa se faz ouvir
Silêncio absoluto da plateia
Apenas se alimentando daquela
Sutil vibração…

E o que se passa em níveis invisíveis?
Alguém pode saber?
Para o homem terreno
Que vive imerso em uma densa vibração….
Não!! Ninguém pode sequer imaginar!

Então, vamos explicar….
No momento que o primeiro acorde
É dedilhado ao piano, acompanhado
Pelos instrumentos de corda e de sopro
Vemos um clarão emergir do Planeta
E instantaneamente se espalha
Em todas as direções…

Quando a voz do cantor é ouvida
Independente de quem está na plateia
A ressonância dos acordes musicais
Em perfeita sintonia com o som emitido
Pela garganta treinada
Atinge todo e qualquer ser vivo
A uma distância inimaginável

Animais se colocam de prontidão
As flores suavemente se movimentam
Os musgos, a gramínea, os arbustos
Respondem aumentando a fotossíntese

É algo impressionante!!
Que só nós, espíritos que hoje não
Carregam mais o corpo perecível
Tem a sensibilidade de apreciar e entender

Mas o homem terreno
Em um esforço de puxar pela lembrança
Os ensinamentos de Nosso irmão Jesus
Pode chancelar tudo que colocamos
O Mestre disse:
Vinde a mim as criancinhas!!
Se referindo ao poder do Amor, da Luz…

Quando a harmonia dos acordes perfeitos
Em sinergia com uma voz abençoada
Permite que a vibração amorosa
De nosso Pai Celestial impacte
Todos os seres vivos….

Independentemente
Se flores
Se animais
Se plantas
Se homens e mulheres

O amor se fortalece
A Luz se faz sentir
E como na máxima do Mestre
Todos se aproximam e se unem
Em uma só sinfonia!

Poeta Estelar
by Elza Horai


Nas Entrelinhas

Se não vê pouco se sabe, ou melhor, dificilmente perde-se tempo em entender aquilo que os outros dizem. Aceita-se e pronto! Todos sabem que ao apertar um botão as luzes se acendem, e isso basta! Se a corrente elétrica é a responsável pela claridade pouco importa. Destrinchar os meandros de como a luz se faz presente é perda de tempo, o que importa é que está tudo clarinho, possibilitando enxergar os pratos, os talheres, o livro sobre a mesa. Os técnicos em eletricidade cuidam disso, nós apenas usufruímos.
Mas nem tudo deveria ser ignorado desta maneira, se nos depararmos com o impacto de uma nuvem de energia de baixa vibração que tem o poder de eriçar os pêlos, provocar o funcionamento exacerbado das glândulas sudoríparas, espalhar tremor por todo o corpo, devíamos nos desdobrar para entender o que está acontecendo. Não basta perguntar a opinião de alguém que supostamente entende do assunto. Passada a sensação ruim o primeiro movimento deveria ser o de contemplar a curiosidade que indaga: – O que está acontecendo?
Caso seja este o caminho, logo vai chegando o entendimento que isto é absolutamente natural, um local, pode muito bem, estar carregado de energias contrárias a que cultivamos, por isso este choque energético. Descobrir a verdade, neste caso, traz equilíbrio e certeza que o conhecimento é o melhor companheiro daqueles que não se contentam com a opinião de um ou de outro.
Por outro lado, sair correndo, encher os ouvidos dos amigos com afirmações do tipo: – Você não sabe o que me aconteceu! O lugar deve estar mal assombrado! É se abrir a receber uma enxurrada de explicações que na grande maioria das vezes passa longe da real verdade.
Os curiosos são os únicos que podem afirmar :
– Eu tenho certeza!
Os preguiçosos prosseguem na batida:
– Nooossa!! É mesmo!!
Saber separar o joio do trigo, não se contentar com explicações esdruxulas que contemplam inverdades, ouvir apenas aqueles que provarem ter lastro no assunto, não ter preguiça de estudar profundamente o que não se sabe, pode significar a diferença entre viver em equilíbrio acompanhado de uma suave alegria que carrega a paz e a bem-aventurança ou viver atabalhoadamente, com medo de tudo, esbarrando aqui e ali.
Mesmo não vendo com os olhos terrenos, busque as entrelinhas que guardam todos os segredos, não se contente com pouco, faça jus ao mérito de ser filho de quem é…. herdeiro do Altíssimo!
Amigo da Luz
Membro da Plêiade do Amor Universal

imagem de apresentação do post pixabay.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s