O Rei dos Vikings

Deitado
Olhos fechados
Coração acelerado

Tela mental
Pontuando
Imagens…

Como assim?
Geleiras
Ursos polares
Menino
Tocando tambor?

Imaginação
Divagação
Sonho
Predições?

Não!! Nada disso!!
Uma vida
Passada
Sendo
Rememorada

Que confusão?
Vikings
Canadá
Índios
Aurora boreal

Não é possível!!
Tudo
Fruto da
Minha imaginação

Pensou o
Bondoso rapaz
Vidas e vidas
Auxiliando…

Um tropeço
Aqui
Outro ali
É claro!!

Mas um
Privilegiado
Uma vida
Passada
No ano 1000
Da Era Cristã

Relembrada
1018 anos
Depois
Em detalhes
Estonteantes

Groelândia
Entalhes
Em madeira
As netas
Preciosas

Abrindo
Os olhos
Retornando…
Não é possível!!
Isto é loucura!!

Celular
Na mão…
“Vikings”
“Dracar”
“Rei Erik”
“Principe Leif”

Meu Deus!!
Tudo bate!
Então
É verdade!

Relembrei
Mesmo…

Simm… meu filho
Relembrou
Reviveu

Algo
Que segundo
Aqueles
Que não
Acreditam
Em reencarnação
É impossível!!

Você esteve
Novamente
Vivenciando
Antigas
Aventuras

Seu corpo
Astral
Reteve
Todas
As lembranças

E no momento
Que se
Dispôs
A acreditar

Pimba!!
Um filme
Passando…

Tão real
Como
A própria
Realidade!!

Para os
Descrentes…
Loucura!
Sacrilégio!
Bobagem!

Para os
Crentes…
Presente
De Deus!!

Afinal
Um Criador
Mais
Que perfeito

Não deixaria
Que seus
Filhos
Se esquecessem

Das Lutas
Para cuidarem-se
E aprenderem

Das Conquistas
Para saber
Que são
Capazes

Dos Ensinamentos
Para acumular
Cada vez mais

Dos Amores
Para que
A vida
Seja compartilhada

Das Dores
Para festejar
As Alegrias

Das Atitudes
Para relembrarem
A Lei do Retorno

Enfim,
Uma perfeita
Sinergia
De Luz e Cuidado

Resta
Saber
Se os descrentes
Um dia
Se permitirão
Relembrar…

Lutas
Conquistas
Ensinamentos
Amores
Dores
Atitudes

Se sim,
Se entenderem
Que chegou
A hora…

Basta
Escrever
ABPR
Enter

Pronto!
Usem
A inteligência
E
Recordem…
Recordem…
Recordem…

Revejam
Os erros
Aplaudam
Os acertos
E
Bom retorno
A Casa do Pai!

Poeta Estelar
by Elza Horai


Recordar é Reviver

Porque será que falar em recordar acontecimentos recentes, que remetem a momentos alegres, se torna algo prazeroso e muitas vezes buscados a exaustão? A resposta talvez seja, fugir um pouco de viver a realidade, ou talvez, tratar a vida como se fosse um parque de diversões onde só a alegria pode entrar.
Porque será que falar de acontecimentos passados, anteriores até ao momento da concepção, do primeiro choro do bebê, causa arrepios, mal estar, desculpas mil para fugir do assunto? A resposta é, falta de conhecimento sobre o Criador e o motivo pelo qual destinou seus filhos, os homens terrenos, a estudarem em uma escola onde aprenderão o que ainda não sabem, alguns  a serem mais humildes, outros mais complacentes ou mais doadores…. enfim, cada um recebendo as lições que deixaram de aprender em outras oportunidades.
A Vida sendo uma só, então, porque temer relembrar o que está guardado nos confins da alma? O momento da morte nada representa, a não ser subir para o lar original e fazer um balanço do que foi feito durante a oportunidade encerrada, para depois voltar, e tentar cumprir o que deveria ter sido feito e não foi feito. E as lembranças ficam guardadas, vibrando, muitas vezes incomodando, atrapalhando o desenrolar da vida. Relembrar é desconectar, é ter a certeza, que este é um novo momento, uma oportunidade preciosa, que se perdida, deverá ser repetida quantas vezes forem necessárias.
É certo que anos e anos aprendendo que é pecado buscar saber o que não se deve saber, foi sendo incorporado em centenas de milhares de mentes, o medo de acessar o passado, de retroceder a momentos, onde, quem sabe, vivenciou-se uma vida de dores que é a responsável pela tristeza profunda que não dá trégua.
Os tempos são outros, é hora de rever todos os questionamentos acerca do motivo de estar aqui, vivendo neste Planeta Escola, vestindo novamente um corpo terreno. Ter o bom senso de eleger a razão em busca de respostas verossímeis, pode levar a se deitar tranquilamente em um divã e se conectar a seres espirituais que sempre estão a postos para ajudar, mas para isso, é muito importante ter certeza que reencarnamos, pois caso contrário não há porque acreditar que se tem algo a relembrar.
Amigo da Luz
Membro da Plêiade do Amor Universal

imagem de apresentação do post pixabay.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s