Jujuba

Que nada!
Diz a menina
Jujuba

Trocando
O contexto
Ela exclama
Que tudo!

Vovô
Carinhoso
Colocou
O apelido

Na menina
Que
Sabe tudo!

Mas
Que o
Sofrimento
A fez
Esquecer
Um pouquinho…

Já foi feliz
Também infeliz
Já foi freira
Já foi atriz

Cantou
Com os querubins
Dançou
Com os pintassilgos

Sapateou
Com o
Vestido
Vermelho

Sorriu
Para
O lindo
Menino

Corou
De vergonha
Ao declamar
A poesia

Ninguém
Sabe
Ninguém
Viu

Mas aqui,
Nos céus
Tudo sabemos!

A menina
Jujuba
Renasceu
Desta vez

Para
Cuidar
Rezar
Amar
Prosseguir
Feliz…

Afinal,
Ela merece!

Já fez
A lição
De casa

Já chorou
Pelos excluídos
Já amparou
Os necessitados
Já cuidou
Dos enfermos
Já lutou
Pelos mais fracos

E hoje,
Reluz
Ampara
Amamenta
Transcende

E o vovô
Daqui
Chora
De emoção!

Pois
A sua Jujuba
Saiu aos seus

Forte
Como os Silvas
Das Minas Gerais!

Galgando
Os degraus
Da evolução

Com firmeza
E
Coragem

Logo
Saberá
De tudo

Mas isto,
Ao contrário
De entristece-la

Trará
A certeza
Que
Está
No caminho certo

Equilibrando
Energias
Amando
Os seus
Estudando…

Para
Quem sabe
Um dia…

Ensinar
O vovô
Que carinhosamente
A chamou
De Jujuba!!

Poeta Estelar
by Elza Horai


Eternos Amores

Sendo filhos de Deus, dotados da chama indestrutível do Amor, todos possuem a capacidade de se Amarem, independente da distância, do luto, do tempo. Cada ser vivente neste Universo bendito que se disponha a Amar incondicionalmente um irmão de caminhada, sendo este, pai, mãe, marido, irmão, irmã, avô, avó, amigo ou quem sabe, um anônimo em busca de aconchego, está construindo um castelo de Luz que emanará vibrações capazes de transpor todas as barreiras. É bem verdade que os homens terrenos sentem muita dificuldade de entender a simplicidade do emaranhado de inter-relações que são construídas ao longo de muitas vidas, doando e recebendo, Carinho, Amor, Respeito, Cuidado…
Tomemos dois pontos, digamos que um está vibrando Amor a centenas de milhares de anos luz do Planeta Terra, e o outro, vibra dentro de um coração que bate aconchegado em um peito pertencente a uma brasileira que mora na cidade de Osasco. Vibrações ressoam, viajam em altíssima velocidade, encontrando similaridade de sintonia, se confundem, tornando-se mais robustas, envolvendo, alimentando, carinhando.
O Amor emanado por um espirito jamais se perde, ao contrário, a nível invisível é capaz de atingir em cheio o outro espirito ao qual este belíssimo sentimento é endereçado. Muitos pensam que a morte é capaz de encerrar definitivamente a sinergia cultivada durante a vida terrena, mas estão equivocados, nem a morte é capaz de impedir que eternos amores prossigam se alimentando da bem aventurança que seu par lhe proporciona, independente se aqui ou lá. A dimensão de onde advém as vibrações é irrelevante, o Universo não possui início nem fim e muito menos barreiras capazes de impedir que a luz do Amor chegue e aconchegue.
Osmar Silva
Amigo da Luz
Membro da Plêiade do Amor Universal

imagem de apresentação do post pixabay.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s