A Lula e o Mar

Sem nenhuma
Intenção
Oculta

O mar
Nos apresenta
Uma imensidão
De seres

Na forma
Das mais
Diferentes
Texturas
Formas
Cores

Tudo perfeito!!
Funcionando
Em absoluta
Sinergia

As guelras
Permitem
Aos peixes
Respirarem

As nadadeiras
Se deslocarem
Para onde quiserem

As estrelas do mar
Graciosamente
Se confundem
Com o fundo
Arenoso

Cada elemento
Deste maravilhoso
Ambiente
Perfeitamente
Colocado
Em seu lugar

Os tubarões
Os corais
As conchas
E os arrecifes…

Mas um animalzinho
Se destaca
Entre todos
Os outros:
A lula!

As crianças
Diriam
Estranhíssima!!

Um grande
Corpo
Olhos enormes
Muitos braços
E tentáculos

Com ventosas
Muito poderosas
Capazes de
Capturar presas
Sem esforço

Mas porque
Tanta diversidade?
Peixinhos coloridos
Convivendo
Com estes animais
As vezes apavorantes?

Ora, porque
Aos olhos
De Deus
Esta era a melhor
Maneira
De mostrar

Que…
Independente
Se o ambiente
É o Mar ou a Terra
Tudo está
No seu lugar

Os Homens
Não tem brânquias
Não viveriam
Sob o mar

Os peixes
Pelo contrário
Só sobrevivem
Sob a água

As Lulas
E os Gorilas
Foram direcionados
Onde deveriam
Estar

Então é
Fácil concluir
Todos os
Que vivem
Sobre o solo
Terreno

Estão aí
Por um motivo…

Por isso
Excluir
Rechaçar
Impedir
Vociferar
Reclamar
Discordar
Expulsar

São verbos
Inapropriados
Para se alçar
Comentários
A respeito
Do ambiente
Onde Deus
Os colocou

Me refiro
Especificamente
Aos Homens
Terrenos…

Pois foram
Os únicos
Elementos
Premiados
Com o dom
De expressar
Sua opinião

Nossa
Vida
Nossa
Integridade
E Alegria

Depende
Única
E
Exclusivamente

De como
Se enxerga
O Mar
A Terra
Os Céus

Com respeito
Com agradecimento
Com louvor
Ou
Com desprezo
E pouco caso…

…E sejam
Todos
Muito felizes
Aproveitando
Intensamente
O local
Onde
Deus os colocou!!

Poeta Estelar
by Elza Horai


De Nada Adianta

Reclamar é se colocar contra a ordem natural das coisas.
Um certo Senhor que morava em uma cidadezinha do interior, cercado de muitos filhos e netos, um dia decidiu que já era hora de ir embora, afinal, só ele trabalhava, só ele se preocupava com o pão de cada dia.
Ao tomar esta decisão, comunicou aos filhos, sem maiores rodeios:
– Vou embora!! Cansei de ser capacho de vocês!!
Mas o que ouviu passou longe do que tinha imaginado. Durante dias ele ensaiou as respostas que daria quando seus filhos, de joelhos, pedissem pelo Amor de Deus que ele não os abandonasse. O filho mais velho com ares de quem tinha entendido muito bem, retrucou displicentemente:
– Está bem papai, se é esta a sua vontade!!
Os outros, um a um, concordaram com a colocação do irmão.
– Mas que diabo de filhos são vocês??
– Sou eu que coloco comida na mesa, vão todos morrer de fome!
Vociferou o senhor de meia idade.
Neste momento, uma vozinha foi ouvida, era Eduardo, o neto de oito anos.
– Vovô, o senhor não sabe que tanto papai quanto meus tios são trabalhadores? Eles agora poderão trabalhar sem que o Senhor os chame de inúteis.
Subliminar a mensagem de que todos merecem respeito. Todos que fugirem desta determinação Divina estão se colocando em posição de ser ignorado e quem sabe até mesmo banido do convívio com os seus. É claro que esta é uma historinha que a primeiro momento pode parecer banal mas se analisarmos com mais profundidade veremos que os filhos se acomodaram porque tinham alguém que se achava insubstituível, que na sua falta ninguém sobreviveria.
A conclusão óbvia é que nada pode deter a evolução natural do que quer que seja, tudo será novamente colocado na ordem determinada por Deus, faça chuva ou faça sol. O velho Senhor, na ânsia de se colocar no lugar onde todos lhe deviam agradecimento por sobreviver, se esqueceu que cada um tem seu papel sobre o ambiente onde Deus os colocou e mais cedo ou mais tarde este papel terá que ser vivenciado. Os filhos, sem maiores embates permitiram, mas no dia em que se viram diante da oportunidade de cumprir seus papeis – cumpriram – e o pai, só entendeu isso, no dia que, de tanto trabalhar, chegou à conclusão que estava sobrecarregado e não conseguiria prosseguir.
Eduardinho tinha razão, ele, do alto de seus oito anos, observava tudo, e sabia, que  um dia teria o vovô só para ele, seus irmãos e seus primos….
Esta é a ordem natural dos acontecimentos que pontuam a vida terrena.
Poeta Estelar e Amigos da Luz
Membros da Plêiade do Amor Universal

Imagem de apresentação do post – pixabay.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s