Ledo Engano?

Quantas vezes
Levamos gato
Por lebre?

Pensamos
Que estávamos
Carregando algo

E constatamos
Mais tarde
Que fomos ludibriados

A primeira
Reação
É sempre
De raiva

Afinal
Pagar
Por uma coisa
E levar outra…

É algo
Que ninguém
Gostaria

Mas,
Se trocássemos
De papéis?

Nos colocássemos
No lugar
De quem
Ludibriou

E não
De quem
Foi ludibriado

Ora, é claro
Que esta pessoa
Sempre terá

Uma desculpa
Na ponta
Da língua

Foi a necessidade
Foi a ingenuidade do outro
Foi a ocasião
Foi… Foi… Foi…

Mas vamos ver
O que foi anotado
No Livro Mágico
De Todas as Vidas

Atitude contrária
Aos ensinamentos de Deus
Foi tomada
Em nome da ganância

Espantados??
Isso mesmo!
Nada passa
No crivo da Justiça Divina

Tudo certinho
Anotado
Sem sombra de dúvidas

E qual
O caminho?

Ora,
Aquele que se alinhar
A verdade
A sabedoria
Ao Amor ao próximo

Não tem
O que dar errado!!

Neste caminho
Gato é gato
Lebre é lebre!

Poeta Estelar
By Elza Horai

“De repente, uma vozinha no ouvido, um lampejo de escuridão, um sentimento infeliz… e vemos daqui alguém reclamando que foi passado pra trás, enganado, ludibriado! Nossas condolências àquele que deu ouvidos ao lado que se dissocia da irmandade que une todos os mortais. Sentimentos aquém daqueles considerados nobres, é normal em um Planeta denso como a Terra, mas a consciência que acolheu, tem a opção de eliminar este sentimento lançando mão de apenas uma decisão: -Isto não é legal, portanto, não vou fazer! Só isso, nada mais!”

Imagem de apresentação do post de Anastasia Gepp por pixabay

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s