Precisa-se

O céu está cheio
O inferno vazio

Lutas inglórias
Condenam
A criatura
A amargar
A existência
No limbo
Da ignorância

Batalhas vencidas
Significam
Mais conexão
Mais auxilio
Mais certeza

Independente
Se o objetivo final
Neste traçado terreno

Seja o céu
Ou
Seja o inferno

Lutas inglórias
Ancoram aprendizado
Batalhas vencidos
Traduzem força de vontade

E no juízo… afinal
Pesa-se
Todas as medalhas

E recebe-se
O troféu do merecimento

Mas…
Precisa-se
De empenho
Para esvaziar o inferno

Ninguém
Lá deverá ficar…
Pois até mesmo
O mais cruel dos cruéis

Um dia partirá
Em direção
Aos céus

Mas hoje,
Em pleno
Primeiro milênio
Da Nova Era

Foi decretado
O despejo
De todos
Os pecadores

Todos…
Direcionados
A novos Mundos 

Ninguém
Ficará por aqui

Mereceu
O inferno
Adeus!!
Busque começar
De novo

Que um dia
Merecerá
Os céus!

Esforço pessoal
Vontade única
E exclusiva
Do filho aprendiz

Repetir
Enfrentamentos
É opção
Não imposição

Quem aprende
Com as dores
Está apto
A virar a página

Esta lição
Esta assimilada

Quem não estuda
Não se esforça
Não se eleva

Prossegue
Sendo conduzido
Ao aprendizado
Renovador

Tudo ajustadíssimo
Exatamente
Como a Natureza
Exuberante

Que saúda
Serenamente
Os filhos de Deus!

Poeta Estelar
by Elza Horai


Aprender é Superar

Quando nos referimos a aprender, logo vem à mente a carteira escolar, os alunos atentos aos ensinamentos do mestre. Este aprendizado é mais um dentre inúmeras de outras lições que todos os dias, cada um, de acordo com a sua necessidade, está recebendo. Ir para uma escola tradicional é importante, mas talvez, não o mais importante. Passar por um desafio difícil, que traga insegurança, lágrimas nos olhos, coração apertado, é sempre mais um aprendizado, em especial, se ficam as lições e a convicção que houve um real fortalecimento para que quando vierem novas dificuldades, o caminho a seguir seja mais conhecido.
Relembrando que a Vida é eterna e cada passagem por este solo é apenas mais uma etapa – pré escolhida é verdade – cujo objetivo primeiro é aprender, preencher as lacunas da ignorância, estar cada vez mais apto a vibrar em sintonia com os anjos, podemos afirmar com toda categoria, que se postar diante da Vida como um aluno relapso, que reclama do professor, da escola, dos colegas, das lições de casa, é se candidatar seriamente a repetir de ano e ter que novamente, levantar cedo, arrumar a mochila e se dirigir a escola, independente se quer ou não. Escolhas pessoais são alienáveis, respeitadas por Deus, mas aprender é inegociável, ou se aprende hoje, ou amanhã, ou depois de amanhã.
Aprender o quê? Alguns se sentem tão seguros, tão certos que não há mais nada a aprender que esta pergunta ressoa em muitas consciências.
Então, prossigamos  relembrando… aprender a Amar, primeiro a si, depois ao próximo como a si mesmo, depois o Planeta como a si e ao próximo e acima de tudo, a Deus, como a si, ao próximo e ao Planeta.  Não há escola terrena que traga este ensinamento, cada um, tirando proveito dos tropeços por se negar a aprender a Amar, deverá por livre e espontânea vontade fazer isso. O tempo de Deus é eterno, portanto cada um de nós tem a eternidade a disposição, mas se alguém não se sentir à vontade de conviver com a dor, com os enfrentamentos, com a tristeza, com a depressão… pode começar neste instante o aprendizado, pois se ainda há motivo para se sentir em desiquilíbrio, é sinal que ainda não sabem tudo.
Amigo da Luz
Membro da Plêiade do Amor Universal

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s