O Cristo Sorri

Ninguém
Sabe como eu
O quanto
Nosso Senhor
É alguém
Que galgou
Todos os degraus

É claro
Que muitos
Também
Sabem

Mas eu,
Sou alguém
Que teve
O privilégio
De caminhar
Ao seu lado

Privilégio
Dos grandes!
Apesar
Que isso
Não faz
A mínima
Diferença

O que importa
É enxergar
Sua essência
Muito mais
Que seu
Olhar

Último domingo
Estava eu
E minha
Amiga parceira
Fazendo
Uma visitinha
A Menina Curiosa

Aquela de
Uma Poesia recente
Fomos
Maravilhosamente
Bem recebidos

Com carinho
Com presentes
E muito mais

Mas sabem
O que mais
Me impressionou?

O rosto
De meu amigo Jesus
Estampado
Em sua camiseta

Humm…
Aquele olhar
Tem vida!

Durante
Todo o dia
Ele nos saudou
Com sua Luz

E não
Pensem
Que uma estampa
Uma imagem
Uma medalha
Não passam
De meros
Ornamentos

Alguns são
Mas outros não
Especialmente
Aqueles
Que quem
Adquiriu
Os banhou
Com seu Amor
Com sua Fé

E este é o caso,
O Cristo
Estava
Tão lá

Que até eu
Que sou
Um mero
Espírito
Buscando
Me formar

Me rendi
E chorei…
Imaginem
Minha
Amiga parceira

Mexe daqui
Mexe dali
Olha…
Olha novamente

E de repente
Saca o celular
E tira uma foto

Humm!!
Foto de camiseta?
Não!!
Foto de Cristo
Sorrindo
Através do Olhar

Mas porque
Ele foi
Aquele encontro?

Ora,
Porque foi convidado!
E assim é
Toda vez
Que recebe
Um convite
Ele não falta

Isto,
Desde o tempo
Que caminhávamos
Lado a Lado!

Poeta Estelar
E seu amigo Jesus


Encontros Perfeitos

Imaginem alguém que conheceu uma amiga e no instante que trocaram o primeiro olhar, o mundo parou, algo de mágico aconteceu! O que podemos creditar a um acontecimento tão especial? O fato de nunca terem se visto, se torna irrelevante, no momento que o espírito das duas vibrou, sinalizando que a sinergia acontecia sem ao menos se apresentarem.
Algo corriqueiro, mas deixado de lado no momento que a mente terrena começa a formatar opinião a respeito da nova amiga: como é mau vestida, fala demais, pergunta muito e por aí vai. Isto encobre a maravilhosa sensação de estar diante de alguém que por muitas vidas já caminharam lado a lado, se amaram, se respeitaram, se ampararam. Na grande maioria das vezes, a oportunidade é única, deixou passar, nunca mais…
Felizes os que fecham os olhos, consultam seu espirito eterno – ele dirá, sem sombra de dúvidas: é ela!! Ao abrir os olhos, as novas, velhas amigas, se abraçam e começam a dançar ao som de antigas lembranças, que mesmo inaudíveis, podem ser vivenciadas através da alegria que aflora toda vez que trocam um olhar. Saudamos aqueles que conseguem ouvir a voz que vibra nos recônditos do espirito eterno e parar um instante para decifrar algo absolutamente encoberto durante um espaço de tempo tão imensurável!
Amigo da Luz
Membro da Plêiade do Amor Universal

****
Todos os detalhes da Poesia “O Cristo Sorri”  são absolutamente reais, afinal o Poeta Estelar estava presente e “via” tudo que se passava em dimensões onde eu e minha amiga não tinhamos perceção. Realmente foi um encontro especial, quando cheguei em casa o Poeta me intuia a todo momento que ele queria me passar uma Poesia e aí está.

Uma bela surpresa!

Elza Horai


o-cristo-sorri
Foto de Elza Horai, batida dia 17/02/17 Rua Monte Alegre – São Paulo – SP

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s