O Primeiro Amor

Quanta emoção carrega
Esta lembrança tão bem guardada
No cofre do nosso coração:
O Primeiro Amor!

Muitas vezes esta recordação
Vem emaranhada nos retratos
Tirados na adolescência!

Antes dele, outros amores
Habitaram nosso coração
Mas este primeiro é especial
Porque traz o fio da liberdade
Sendo finalmente rompido…

É uma lembrança tão marcante
Que muitos a carregam
Pelo decorrer daquela existência!

Bem! Tento não ser intrometido!
Mas desta vez preciso ser…
ESTE primeiro amor
Com certeza não é o primeiro!

Mas como assim?
Antes dele, nunca gostei de ninguém…
Para dizer que foi o primeiro!

É que em vidas… vividas no pretérito
Ouve outros primeiros amores!
Mas se este…desta vida…
É tão marcante em suas recordações…
É porque foi o primeiro em muitas vidas!

Eu sei que estão bem confusos
Principalmente para aqueles
Que nunca ousaram dar ouvidos
Aos mistérios da Reencarnação!

Mas agora… precisam começar a ouvir
Pois senão, nunca mais…
Este Primeiro Amor
Será novamente o primeiro…

Mesmo os dois renascendo
Novamente no mesmo Planeta
Não existirão mais lembranças
Capazes de atrair um para o outro…
Terão que recomeçar do ZERO !

Poeta Estelar


Sem primeiros Amores

Imaginar que vai se mudar de país, começar do zero, casa nova, emprego novo, amigos novos, enfim, tudo novo. Deixar para trás tudo que foi construído em anos e anos de esforço e dedicação. É algo deveras atemorizante. A opção ficar, seria a mais adequada, mas e se não houver a mínima possibilidade, se nada do que passou pudesse ser considerado nesta nova vida. E se a possibilidade de ficar puder ser considerada, caso se retrace a vida atual, qual seria a escolha? A nova vida, totalmente desconhecida, ou a vida velha conhecida sendo ornada de outras cores?
É uma proposta que o Pai está apresentando a cada um de seus filhos, pender a escolha para uma ou outra possibilidade é decisão de cada um, pois, a característica primeira de todos os filhos do Pai é a liberdade de ir e vir para onde se desejar, ninguém tem o direito de barrar esta dádiva recebida no momento que o sopro da vida foi concedido. É certo que muitos contestarão, mas sempre quando se pressupõe que exista alguém capaz de direcionar escolhas de outrem. Neste caso, esta possibilidade inexiste, cada um é senhor absoluto de suas escolhas. Com o advento de uma mentalidade lúcida, legada pelas inúmeras vidas de subserviência, aconselhamos que todos que aceitarem a proposta do Pai de escolher entre um e outro caminho, que usem a inteligência e o bom senso. No caso de optarem pela velha   vida repaginada, tenham certeza que seu primeiro amor, um dia, novamente baterá a sua porta, caso prefiram, mudar tudo, absolutamente compreensível, mas terão que buscar outros primeiros amores, pois o primeiro amor velho conhecido já não mais vibrará em sintonia com seu espírito, pré-requisito indispensável para os encontros e reencontros.
Osmar Silva

o-primeiro-amor-pixabay
pixabay.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s