Sedução

Palavra difícil
De ser definida
Pode ser boa
Pode ser ruim
Se nos atentarmos
Para a raiz
Ela vem do Latim
E entre outras coisas
Significa “perigo”

É muito difícil
Analisar uma palavra
Isolada…
Fora de um contexto
Com começo
Meio e fim

Com esta, não é diferente
Algumas pessoas
A associam ao sexo
Outras a estar atraído
Por algum objeto
De desejo
Ou mesmo por
Algo impalpável
Como os Céus

E por falar em Céu,
É obvio que
Não tem nada a ver
Com uma palavra
Que signifique “perigo”
Mas com algo
Que nos leve
A ser atraído…
É verdade

Uma menina
Que pula amarelinha
Almeja sempre o Céu
Um menino
Que se ajoelha
A beira da cama
Para rezar
Não se esquece de dizer
Que durante o dia
Foi bonzinho
Para poder ir para o Céu
Quando papai do céu chamar!

Mas, voltando a palavra
Sedução…
Ela pode significar
Tanto uma transgressão
Como um desejo,
Daquele muito especial

Então, vamos fazer
Uma brincadeira
Faz de conta
Que você gostaria
De ir para o Céu,
Se sente seduzido
Pelas descrições
Que nós Espíritos
Fazemos do local
Que moramos atualmente

Eu mesmo já falei
Que aqui é como aí!
Tudo igualzinho
Mares
Montanhas
Animais de todos os tipos
Florestas
Cidades
A diferença,
É que aqui
Todos são felizes
Não há sofrimento
Nem tão pouco fofocas
Muito menos
Desigualdade social

Acho que fizemos
Tanta propaganda
Que todo mundo
Decidiu que quer
Um dia vir para cá

Sedução pura
Mas da boa…
Sentir atraído
A morar em um local
Maravilhoso como este
Implica em alguns
Ajustes…
E aí está a graça
Da nossa brincadeira!

Vamos fazer
Um jogo de palavras
Eu digo uma
Vocês me dizem
A primeira palavra
Que lhe vier à mente
TRISTEZA…
Lágrimas
SEDUÇÃO…
Desejo
FELICIDADE…
Alegria
SABOTAGEM…
Maldade
CENÁRIO…
Filme

Agora,
Vamos separar
As respostas
Independente
Do que foi dito por mim:
Lágrimas
Atração
Alegria
Maldade
Filme

Perceberam?
Que qualquer
Que seja a resposta
O resultado
É um só!!
Palavras soltas
Sem nenhum significado
Se colocarmos
Todas juntas…

Então, o que vale
É o contexto
Não o texto
Se eu disser
Lágrimas de Alegria
Já ficou um pouco melhor
Ou mesmo
Um filme que retrata
A maldade humana
Ou mesmo
A Sedução não atrai
Distrai

Epa!! Já embolou!!
Se nos sentirmos seduzidos
É claro, que seremos atraídos
Não, não seremos!!
Respondo eu…
Em especial,
Se usarmos o dom da inteligência
Muitas seduções
Não passam de meras distrações

Vou exemplificar melhor
Você foi seduzido
A participar de um grupo de amigos
Que adoram pescar
Quem te convidou
Contou detalhes das pescarias
Onde peixes maravilhosos
Eram capturados
E depois soltos ao mar
Para manter o equilíbrio ecológico

Que legal! Pensou você
Exatamente os amigos que procurava
Eu não concordo
Em retirar do seu habitat natural
Qualquer animal que seja
E como adoro pescar
Juntou a fome com a vontade de comer!

E lá foi você,
Domingo de sol,
Tralhas brilhando de tão limpas
Barco tinindo de tão novo
Vinte pescadores
Compunham o grupo
De amigos…
Depois de alguns altos e baixos
O barco finalmente
Lançou âncora

Assim que se ajeitou
Percebeu algo estranho…
Um pescador veterano
Pescou um grande robalo
Todos comemoraram
A primeira aquisição do dia
E…
Colocou-o direto no samburá

Discretamente
Você chamou o amigo
Que o convidou e disse:
Como assim?
Você me disse que todos
Os peixes eram devolvidos
Ao mar…

O amigo,
Fingindo desconcerto
Respondeu
Que bobagem!
Se eu te dissesse
Que todos levam
Seus peixes para casa
Você não viria,
Te conheço!!

O que você faria?
Romperia a amizade
Ou se renderia
A deixar suas convicções
Pra lá, afinal peixe fresco
É delicioso!!

Caso você não
Se sinta capaz
De manter suas convicções
A partir do momento
Que descobriu que foi seduzido
Em nome de uma causa
Diametralmente oposta
Àquilo que acredita
Fuja, corra, refaça, proteste
Pois do contrário
Você é um sério candidato
A se juntar ao grupo daqueles
Que passam
“Distraídos” pela vida!!

Sem auto-estima
Sem regras pessoais
Que te levem ao crescimento
Sem amigos verdadeiros
Sem uma vida bem vivida
Mas sim comandada
Pela Sedução
Que apenas distrai
E não o leva de volta
A Casa do Pai!

Carlos e Poeta Estelar


Enganos à parte

Viver em um Planeta que a milhares de anos se encontra na categoria de Expiação e Provas, nada mais é, que estar sujeito a seduções de todos os tipos, que geram como consequência arrependimentos e lágrimas. Se destrincharmos estas duas palavrinhas “expiação” e “provas”, chegaremos à conclusão, que se aqui renascemos é porque estamos em um estágio que precisamos rever erros passados e superar as provas que a vida nos apresenta para que o crescimento se faça vislumbrar.
Mas porque não, analisar com o crivo da razão, todas as situações que se apresentam no nosso dia a dia? Sentiu fome, pense no alimento que além de saciá-la levará a um corpo mais nutrido, saudável. Sentiu vontade de caluniar, se coloque no lugar daquele que será alvo de sua calúnia e conclua se você próprio gostaria de ser alvo de uma calunia.  Sentiu inveja, pare e pense nas suas próprias capacidades de obter o que deseja de outrem. Sentiu atração por algo, avalie, avalie, avalie, mas não sem antes erguer as mãos para os céus e pedir proteção de seu mentor. É ele o seu guia terreno. Não se engane, a palavra “sedução” não faz parte de seu vocabulário. Seu mentor, pelo contrário, te orientará, visando a sua felicidade futura, seu equilíbrio, seu crescimento. Por isso, se algo te compele a se vergar a sedução da situação, tenha certeza, que você está sendo alvo de um envolvimento de sua própria vontade, e não, a orientação serena de seu mentor.
Muito sofrimento e tempo perdido poderia ser evitado, caso se acreditasse piamente que aquela vozinha interior, é sim, proveniente de alguém que te ama e que muitas vezes, ele próprio, solicitou ao Pai Celeste que tivesse permissão de cuidar de você. Enganos, são sempre provenientes da crença indubitável da auto-suficiência, ser dono do próprio nariz, mas os tropeços são sempre perdoados, afinal você renasceu em um Planeta que no momento ainda guarda muito das características de “expiação” e “provas”. Se erguer e recomeçar é um direito dado a cada um dos filhos de Deus, e isto, pode ser feito, quantas vezes seja necessário. Enquanto isso, seu mentor, fica quietinho, aguardando impassível, que um belo dia, você erga as mãos para os céus e peça ajuda. E mais, esteja disposto a receber e confiar nas orientações de seu Grande Amigo Pessoal: Seu incansável Mentor.
Aimanon

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s