Auxiliar por quê?

A resposta é:
Porque somos
Todos irmãos!
Hummm…
Muitos retrucarão!
Como assim?
Se estudei tanto
Ralei
Não desisti
E agora?
Dar de mão beijada!

E eu respondo
Baixinho…
Siiimmm…
Outro me dirá:
Sei lá o que
Vai ser feito
Com minha ajuda
E se o destino
For outro?

Primeiro
Preciso esclarecer:
Dinheiro não é
Sinônimo de auxiliar
Auxiliar é que é
Sinônimo de boa vontade!
Mais um
Entrará na conversa…
Boa vontade?
Não tenho tempo
Nem de respirar
Como poderei
Ter vontade
De fazer mais
Alguma coisa?

A seguir,
Eu complemento:
Você renasceu
Para ter Boa Vontade
E auxiliar…
E não
Utilizá-la
Apenas
Para ficar rico!

Bem,
Deixa isso pra lá…
Sempre haverá
Um contra-argumento
Então,
Vamos deixar
Por conta
Da consciência
De cada um…

Na verdade,
Gostaria mesmo
De voltar
Ao assunto:
Missão Terrena!
Isto sim,
É que é gostoso
De versar
Pois a grande maioria
Não sabe
Qual é a sua…

Muitos nem desconfiam…
Portanto,
Como nós mentores
Sabemos de todas
As missões
De cada um
Dos leitores
Ninguém
Poderá reclamar
De algo
Que nem ao
Menos sabem!

Como não dá
Para abordar
A Missão de todos
Vamos voltar
A alguém
Que já foi brindada
Com uma das nossas
Humildes Poesias:
A Menina Ranheta

Alguns poderão
Dizer: tadinha…
Mas não se preocupem
Temos tanto
Empenho em retratá-la
Porque
Eu e minha Amiga
De muitas jornadas
Sua avó SS
A amamos!!

Alegar ignorância
É recurso dos
Espíritos em
Crescimento estagnado
Pois no fundo
Todos sabem
Que vieram
Para cumprir uma Missão

A partir da segunda encarnação
Todos já tomaram ciência
Que realmente
Existe uma tarefa
A ser cumprida…
É o caso de 99,999 %
Dos espíritos encarnados
Todos já usufruíram
De muito mais
Que duas encarnações

A Menina Ranheta
Voltou com uma belíssima missão
Acolher duas mães!
Nossa!! Como assim?
Em vidas passadas…
Assim como é hoje
Ela também
Foi uma péssima filha

Uma vez
Em Kobe no Japão
Abandonou a sua
Sentada
Em uma cadeira de rodas
E fugiu
Para não ter que
Limpar suas fezes

Outra vez
Em Narita
Também no Japão
Rechaçou outra mãe
Só porque ela era
Triste e insegura
Dizia para os amigos
Que era órfã…
Esta também teve
Um triste fim
Assim que ficou velhinha
Deixou-a na beira da estrada

Nooossa!!
Se espantam vocês
Peço que se contenham!
Deus é sábio!!
Permite o esquecimento…
Portanto,
Todos tem algo
A se envergonhar
E mesmo assim…
Muitos
Jogam pedras
No telhado do vizinho!
Se todos soubessem…

A Menina Ranheta
Está recebendo
O privilégio
De ser alvo destes
“Chacoalhos de Amor”
Porque ela se arrependeu
Profundamente
De um gesto deplorável…
E como pedir perdão
Com sinceridade
É o caminho para Redenção
Então lá vai:

A mãe de Narita
Já está conosco
Mas a mãe de Kobe
Ainda não…
Portanto,
Ainda tem mais uma oportunidade
Logo,
Ela precisará de cuidados extremos
E a única pessoa que tem
A obrigação de ampará-la
É VOCÊ!!

Irmão
Pai
Tio
Tia
Primos
Cuidadores
Todos tem
Suas próprias Missões
E só você
Poderá limpar suas fezes
Pois se não o fizer
No dia seguinte
A negativa
Ela desencarnará

Voltando
Ao gesto deplorável
Afirmei que
O arrependimento
Bateu em sua consciência
Mas vira e mexe
A eterna mania
De colocar a culpa
Nos outros…
Aliás,
Que não é
Um privilégio só seu…
Tenta anular
O pouco de crescimento
Que seu Espírito
Galgou

Então, esqueça as desculpas
O gesto foi indesculpável
Ou melhor,
O Pai sempre perdoa
Quando se assume
Seus próprios atos…
A mãe de Narita
Desencarnou
Assim que você
Se recusou
Terminantemente
A cumprir sua obrigação
E não falo só de vidas passadas
Desta vida também …
Amor
Dinheiro
Presentes
Carinho
Preocupação
Com você…
E com aquele que você acolheu

Tenha certeza…
Que todos os outros
Foram gratos…
Retribuíram a altura
E absolutamente nada
Ficou pendente
Até mesmo a prima
Que virou as costas…
Saiba que ela
Sua mãe
Sua sobrinha
Foram PROIBIDAS
Por nós, de atender
As ameaças que você fez?
E sabe por que?

A Missão de cuidar
De sua mãe de Narita
Até o ultimo dia de sua vida
Era sua e de sua mãe de Kobe
Apenas e tão somente das duas
No momento que você
Tirou o direito de sua mãe de Kobe
De fazê-lo
Seu corpo sucumbiu
E a doença se instalou
Mas mesmo assim…
Para ela
Consideramos que esta
Missão está cumprida
Agora você…
Ninguém tem o direito
De impedir que
Alguém cumpra
O que está determinado…

Temos um ponto a esclarecer
Já que os homens terrenos
Precisam de provas concretas
Revire os registros do SAMU
De sua cidade
Do dia daquela
Belíssima festa
A qual você
Se recusou terminantemente
A levar sua mãe de Narita
Lá você encontrará
A luta que travamos
Com sua prima
Que hoje,
Leva a culpa de sua atitude…

Verá a sua assinatura
Isentando o Serviço Médico
De qualquer responsabilidade
Depois de quase
Sofrer um AVC
Pois queria
Porque queria
Levar sua mãe de Narita
Para sua casa
Mas…
A missão não era dela
E nós a alertamos
Caso insistisse
Comprometeria
Suas próprias missões
A reação foi uma só
O corpo físico entrou
Em colapso…

Tenho ciência
Que este
É um dos textos
Mais contundentes
Que tivemos
A oportunidade
De registrar
Neste veículo de comunicação
Mas…
Virão outros
O tempo urge
E em vez de reclamar
Pedimos que os
Eleitos
Por nossos singelos
Comunicados de Amor
Sintam-se honrados
E no minuto seguinte
Passem a trabalhar
Para melhorar-se
E…
Cumprir suas Missões
E…
Deixem que os outros
Cumpram as suas,
Que a força de vontade
Esteja com você
Menina Eleita!

Poeta Estelar


 

Não auxiliar Porquê?

Leve mil ou um milhão de anos, todos aprenderão que  viver encarnado é ter uma oportunidade de cumprir tarefas renegadas a terceiro plano no pretérito. O presente e o futuro sorrirão à medida que o empenho e a força de vontade conduzam as decisões em direção a realinhar tudo que deixou de ser feito.
No momento da Criação, o Pai afirmou: meus filhos são todos perfeitos, apesar de ainda ignorantes quanto as Leis que regem o Universo. É claro que ele se referia a uma ignorância transitória, à medida que se é curioso, que se usa a inteligência para escolher aquilo que lhe pareça mais coerente, a sabedoria vai se instalando e começa-se a dar o devido valor a esta oportunidade de aferir crescimento ao Espírito imortal.
A primeira conclusão que se chega é: vivemos em sociedade, portanto a unidade é formada por muitas mentes, vibrando nesta ou naquela faixa. Os graus de vibração são infinitos mas cada um deles retrata o próprio  grau de amadurecimento. A medida que os mais maduros auxiliam os mais imaturos, a unidade se fortalece e se torna cada vez mais coesa. A medida que  uma vibração se afasta do conjunto, se torna cada vez mais difícil acompanhar o restando do cortejo.
Acredito, que para alguns, todo este palavreado é de difícil entendimento, vou ser o mais sucinto possível: Auxiliem-se! Assim, estarão doando, a doação é o tempero de todas as Missões Terrenas, com certeza já estarão caminhando para deixar a ignorância formatada juntamente com seu espírito para trás. As características daqueles que trazem o verbo doar para partilhar de seu dia a dia é de uma pessoa feliz, realizada e que repete a todo momento: A Vida é Bela e Simples. Os não doadores não entendem o porquê de uma vida recheada de tantas mazelas, tantas dores, tanto tudo… A conclusão é simples: a medida que se afasta do grande conjunto, onde estão todos os doadores, fica-se só, a mercê da própria sorte, acompanhado apenas de seu próprio mentor que acaba se tornando afônico de tanto soprar em ouvidos que se negam a ouvir.
Então… doar, auxiliar, amparar, juntar-se, é com certeza uma pequena parcela de uma grande Missão. Alegando desconhecimento, patina-se e não se avança. Não há mais o que esperar, a corrida para deixar a ignorância para trás já começou, o primeiro passo é descobrir qual a grande parcela de sua Missão. Leiam a Poesia “Meninas Grandiosas” e façam o que foi sugerido, logo o seu mentor estará capacitado para trazer a intuição, sem isso, ele não terá força suficiente para fazê-lo. Boa Sorte.
Aimanon

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s