Lentilhas

Quanta superstição!
Lentilhas
Folha de louro
Semente de romã
Roupa branca
Pular sete ondas
Você fez tudo isso?
Ou talvez apenas um
Dos rituais
Da Passagem de Ano?

E agora que o Ano
Já vai se escoando
Sem maiores avisos
Já sentiu o efeito
De tanta preparação?
Ou tudo prossegue
Como sempre
Trabalho
Casa
Filhos
Cachorros
Exigindo… exigindo… exigindo…
Empenho
Força de vontade
Dedicação
Jogo de cintura

Acredito que quase todos
Me afirmarão:
Nada mudou!!
Apenas as contas
Para pagar
Que são mais salgadas
E abundantes
No início do Ano

O final das férias
As crianças ainda sem aulas
As visitas que teimam em ficar
A casa desarrumada
Deixa janeiro
Meio que diferente
Dos outros meses…
Então é por isso
Que ainda não sentiram
Os efeitos
Dos rituais
Que não se esqueceram de fazer
Na passagem de Ano?

E os outros anos?
Onde podemos analisar
De Janeiro a Dezembro
Foi visível
Os efeitos das lentilhas?
O dinheiro brotou
Feito folhas de samambaia?

Vejo caras decepcionadas
E um fio de voz me responde:
Nããooo!
Bem…resposta esperada
Também já fiz tudo isso
E nada deu certo
Apenas minha carteira
Ficava bem aromatizada
Com as folhas de louro!

Mas porque
Adoro pisar no calo de vocês?
Ora, porque quero ajudar…
Só isso!!
Esta história de rituais
É só uma brincadeira
Gostosa
Mas no fundo…
Também
Carregada de significados
Isto não quer dizer
Que funcionam!!

Agora vamos abordar
O outro lado da questão!
Que povo mais crente
Acredita e pronto…
Não querem saber
Quem disse
Quem já experimentou
Quem pesquisou
Quem sugeriu

Essa brincadeira
De pular sete ondas
É uma delícia …
Não faz nenhum mal
Muito pelo contrário
Refresca os pés
Aumenta a circulação
Melhora o equilíbrio
E sendo sob o luar
Então…
Maravilhoso!

Mas acreditar
Que morreu acabou!
Chiii! E eu?
Que morri…
Todo mundo viu
Todo mundo sabe
E estou aqui,
Mais vivo e feliz
Que nunca!!

Cadê a comprovação cientifica
Que acabou mesmo?
Bem… deixa isso pra lá
Queria mesmo
Era falar de outra coisa…
Fico indignado
Quando vejo alguém
Acreditar piamente
Em fim do mundo!
Gritar tão alto
Que incomoda
Até o cachorro da vizinha!

Já que estamos falando
Em “acreditar”
Vou meter a colher
Como sempre faço
Sem maiores avisos…
Mas dessa vez
Resolvi avisar
Porque o assunto é
Importantíssimo
Se você tem certeza
Que o mundo vai acabar:
Pra que ser gentil?
Pra que não jogar papel no chão?
Pra que não maltratar os animais?
Pra que melhorar-se
Se tudo vai acabar…
É só esperar
Fazendo o que der na telha!

Bem, o Pai autorizou
E eu vou revelar:
“O mundo não vai acabar”
Não haverá guerras nucleares
Não haverá cataclismos que nada poupará
Não haverá pestes ou doenças contagiosas
Não haverá contaminação da carne
Nada cairá sobre o Planeta
Portanto,
Esta crença é furada!

Mas se você acredita que com
“A morte tudo se acaba”
Pra que se preocupar em não mentir
Pra que deixar de estacionar onde bem quiser
Pra que sorrir se pode reclamar
Pra que levar uma vida correta
Morreu…acabou…
É muito simplista!
Olhando para um bebê
Enxergamos a perfeição de Deus
É claro como água
Que ele tem um plano B
No que diz respeito
Ao futuro de seus filhos!

Então…
Se o mundo não vai acabar
E a vida não se acaba com a morte
Qual será o futuro?
O futuro será maravilhoso
Para aqueles
Que se dispuserem
A se melhorar
E ajudar os irmãos
Que querem aprender mais
E também caminhar
Em direção a Casa Encantada!

E para aqueles que insistirem
Em acreditar
Sem maiores contestações
Que o mundo vai acabar
Que a vida termina com a morte
Tenham um bom futuro
De acordo com as suas obras
O Pai é misericordioso
Com certeza
Também tem um plano B
Para vocês!

Poeta Estelar


O texto a seguir é parte integrante do livro “A Caminho da Redenção”, elaborado por Dez Espíritos de Luz, entre eles Aimanon Constantinus Crione e Frei Fabiano de Cristo. Recebido através dos grávitons que permeiam o Universo pela Médium Cristã Elza Horai.
“O Planeta Terra. A Nossa Casa. O Paraiso das aves tropicais, da baleia azul, do mico leão dourado.  A Obra de Arte perfeita, nunca equiparada  por qualquer outra, em qualquer ponto do Universo infinito. Legado como um presente de Amor, jamais oferecido por qualquer Pai. Pensando sob este ponto de vista, tudo aqui seria cuidado, valorizado, constantemente checado, para que nada se deteriorasse. O verbo está no futuro do pretérito – “seria” – porque  não é exatamente assim o que acontece. Quando prestamos mais atenção, temos a impressão que quem recebeu este apresente de Amor é alguém relapso e revoltado, sem nenhuma noção do que significa – agradecimento.
Tentando analisar mais a fundo, a conclusão que se chega, é que todos os presenteados ainda não compreenderam o porquê do presente. Talvez acreditem que haja necessidade de pagamento em forma de atitudes corretas para que sejam merecedores de tanto carinho. Comportamentos desastrados, sem nenhum embasamento no Amor, são mais fáceis de se lançar mão, pois à milênios eles fazem parte indissolúvel da índole de muitos filhos. Mudar, exige determinação e força de vontade, então, prossegue-se do jeito que está. Adia-se indeterminadamente, algo absolutamente necessário, para que a evolução prossiga.
Todos sabem que este é o caminho – mudar atitudes – para que a Nossa Casa fique cada vez mais iluminada. Estagnação é sinônimo de retrocesso, neste caso, algo que contamina e destrói. A vida no Planeta Presente chegou em um período, já antevisto pelo Alto, onde os generosos e agradecidos, começam a despontar a cada dia, em todas as localidades. A certeza que a mudança é necessária embasa todas as novas atitudes.
Se prestarmos atenção, veremos que o aprendizado, também é um movimento iniciado à partir de uma decisão, tomada, quando se chega a conclusão  que o caminho que se está percorrendo não levará ao objetivo desejado. Aqueles que estão sentindo muita dificuldade em perceber que o único trajeto à seguir é o da mudança, pedimos a decisão de se recolher, analisar cada escolha atual, separar todas aquelas que porventura esteja fora do contexto de um filho agradecido, juntar todas elas em um arquivo morto, e reiniciar, ancorados em novos parâmetros.”

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s