Cada Um

Individualmente
Experiências diversas
Sem igual
Sem paralelo…

Todos são
Uma construção
De escolhas
Apresentadas
Ao longo de
Vidas e Vidas

Bem vividas
Ou não!

Vidas que se encerram
Abruptamente
Podem significar
Más escolhas
Ou quem sabe
Novos desafios

No fundo
O que importa
É a Grande Vida

Aquela
Que JAMAIS
Se encerra

Cada etapa
Mais aprendizado
Para se chegar
Ao Paraiso

Mas, e o tempo
De se atingir
Este objetivo?

Ah! Depende
Apenas
E tão somente
Das escolhas

Contraiu o vírus…
Aprendizado!

Perdeu um ente querido…
Aprendizado!

Passa fome…
Aprendizado!

É muito fácil ouvir
Estas afirmações
Mas como traduzir
O aprendizado
Para a vida real?
Para o aqui agora?

Afinal,
Estou infectado
O corpo dói
A vida parou
A insegurança bateu
Aprendo o quê?

Ora,
Pare um pouquinho
Pense…

Ficar trancado
No mínimo quinze dias
Sem dirigir
Sem trabalhar
A mente desacelera
Clareia
E…

Novamente escolhas
Focar na morte
No desamparo
No azar
Ou
Aproveitar
Para repassar a vida

Tomar decisões
Que possam
Excluir do recomeço
Tudo que te
Incomodava

E não se preocupe!
Se a hora de partir
Para novas empreitadas
Ainda não chegou
Você prosseguirá firme
Apenas mais lúcido
Mais grato!

Agora, perder
Alguém que amamos
É o maior
De todos os aprendizados
Exige aumentar
A fé
A resiliência
A compreensão
Que não somos
Pais, mães, filhos, avós
Apenas estamos!

E isso é muito difícil
De compreender
Exige desprendimento
E vontade
De explorar
Um conhecimento
Que a milênios
É vedado
Ao homem terreno

Não perdeu ninguém
Não contraiu o vírus
Mas a fome bate
Como um fantasma
Assustador

Preste atenção
No que diz
Seu coração

Quando você
Permite que
ELE
Se manifeste

Nós, seus Amigos
De outras paragens
Chegamos mais perto
E te inspiramos
Os próximos passos

Mas novamente…
Escolhas!

Poeta Estelar
By Elza Horai

“Cuidado para não maldizer o aprendizado! Caso isso aconteça, é bem provável que as lições não serão aproveitadas e aquilo que poderia significar um passo a mais para se chegar ao objetivo final – A Casa do Pai – acaba por se perder. Nada chega de mão beijada ao aluno repente, qualquer avanço, exige esforço e dedicação, e é exatamente assim que os filhos terrenos devem se colocar. Sem foco e determinação não se sai do lugar. É certo que o TEMPO é imensurável, mas quanto mais demora, mais distante fica a leveza, a Luz do final da jornada. Os tempos de hoje estão marcados por muitos “Chacoalhos de Amor”. O Alto, por absoluta benevolência, está proporcionando momentos que induzem a reflexão e a mudança de postura. Todos, sem exceção, estão tendo esta oportunidade, alguns estão aproveitando, outros não, mas são escolhas pessoais que não cabem avaliação. O que importa é que o Planeta está se modificando rapidamente. Turbulências são necessárias para que a calmaria se instale. O importante é não esmorecer, e cuidar para que as aparentes dificuldades não se tornem obstáculos intransponíveis para solidificar a certeza que ninguém está sozinho! Que tudo vai melhorar!”

Imagem de apresentação do post “Cada Um” de Bessi por Pixabay

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s