O Enigma da Montanha

Outro dia
Ao passar
Pelo corredor
Que divide
As duas montanhas
Pensei…

Quem será
Que esculpiu
Entre
Duas montanhas
Tão altas
Este caminho
Tão perfeito

Onde
Passam os animais
Carregando
Barris de água
Para saciar
A sede
Do meu povo?

Qual a explicação
Para um oásis
Ter sido
Plantado
De um lado

E do outro
Só devastação…
Milhares de quilômetros
De terra seca e infértil

Qual a explicação
Do meu povo
Ter se estabelecido
Do lado
Mais árido?

O que
Seria de nós
Se não fosse
Este caminho
Tortuoso e salvador?

Como conseguiríamos
Água
Para beber?

Quantas perguntas!!
Exclama Anjo Miguel

Sentado no alto
Da montanha
Mais alta
Observa o movimento…

E ouve os pensamentos
De Said
O menino franzino
Que sempre
Quer saber mais

O Anjo pensa
Com seus botões:
Peraí, ele merece
Saber tudo!

Bate suas enormes asas
E voa
Em direção
Ao infinito

Chegando
Na Terra dos Anjos
Convoca uma reunião

Cujo objetivo
É conseguir voluntários
Para ajudar Said
A entender TUDO!

No dia seguinte
Um batalhão de Anjos
Se dirige
As duas montanhas
E se posta bem ao lado
Da fonte de água

Não demora,
E Said chega
Com seu pai
Em busca
Do liquido precioso

E como um passe
De mágica
O pai exclama:
Filho, fique aqui
Encha os barris
Com água

Eu vou
Dar uma volta
Estou necessitado
De dar um cochilo
Me bateu um sono…

Quando perceberam
Que o menino
Estava sozinho

Os Anjos
Se fizeram visíveis
E eis que Said
Leva um susto danado!

Exclama!
Quem são vocês?
De onde vieram?

Anjo Jesiel
Tomou à frente
Dizendo
Amorosamente

Filho! Somos Amigos!
Viemos responder
Suas dúvidas

Ontem,
Nosso Amigo Miguel
Te ouviu
Fazendo
Muitas perguntas

Você quer
As respostas?

Um imenso sorriso
Iluminou
O rostinho juvenil

E de pronto
Said balançou
A cabeça
Afirmativamente

Em primeiro lugar
Estas montanhas
Foram criadas
A milhares
E milhares de anos

Assim como
Este caminho
Tão útil para vocês

Anjo Miguel prosseguiu…
Quem os criou
Sabia que um dia
Homens viveriam
Do lado de lá…
Apontou para o lado
Que a família vivia

Por isso
Fez esta ligação

Que permite
Que vocês
Tenham a água
Tão necessária
Para viver!

Said ficou
Encantado
Em saber
Que existe
Alguém
Tão poderoso

Mas uma
Nova pergunta
Saltou de sua
Boca

Mas porque
Nós vivemos lá
E não aqui
Ao lado da fonte?

Os anjos
Se entreolharam
E responderam
Juntos

Porque
Se vocês
Vivessem aqui
Não dariam
Tanto valor
A esta água
Tão preciosa!

Poeta Estelar
by Elza Horai

O Valor da Vida

Pensando bem, qual o valor damos a cada presente que nos deparamos a cada instante? Qual o valor de uma árvore frutífera? De um límpido riacho? De uma nuvem escura que breve encharcará a terra com a água tão preciosa? Qual o valor de uma vida?
Existe alguma moeda que possamos quantificar o quanto valem? A humanidade atesta pela quantidade de árvores derrubadas, pela poluição que invade cada canto de sua Casa, pelas palavras de baixo calão que ouvimos toda vez que uma chuva se aproxima, pelas vidas ceifadas sem maiores contestações – QUE NÃO!!
Não sabem quantificar o quanto valem e nem tão pouco expressar gratidão por poderem usufruir de tão preciosos presentes. Cada um sabe o quanto isto é verdade e o quanto valorizam uma gota de orvalho ou um peixe colorido que ornamenta os corais, mas o que importa é qual o valor que todos dão…. juntos! É isso que vai determinar o nível de gratidão expressado e também o esforço para valorizar o presente, pelo menos para que o Planeta prossiga belo e vibrando a energia que sustenta a VIDA.
Cada centelha de Luz que emerge de um simples gesto de gratidão, se junta a milhares de outros emitidos em todos os cantos, se transformando em um imenso clarão verde azulado, visível a incontáveis Anos  Luz de distância do Planeta Azul. Isto se deve a movimentação de infinitas partículas  quânticas, carregadas de Amor ao Grande Criador e que tem uma imensurável capacidade de interferir no tempo futuro, regando-o de bênçãos direcionadas a cada um que expressou gratidão e nos presenteando com uma Natureza cada vez mais bela.
Por outro lado, podemos afirmar que no momento que se agiu sem pensar, eliminado árvores, arremessando lixo em qualquer lugar, emitindo palavras de baixo calão que maldizem este presente de amor – nuvens densas também de desprendem e se juntam a outras da mesma categoria, causando toda ordem de desiquilíbrios na vida do ingrato e também do Planeta em forma de acidentes naturais de toda ordem.
A conclusão é óbvia, não importa o valor que se dá, o importante é saber que o presente está aí, vibrando Luz e convidando a TODOS  a usufruírem com Amor e Gratidão!
Que este convite seja aceito por cada um dos filhos de Deus!
Amigo da Luz
Membro da Plêiade do Amor Universal
by Elza Horai
Imagem de apresentação do post pixabay.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s