Lembranças Amargas

Qual passarinho sem ninho…
Nós passamos por vidas terrenas
Sem ao menos entender 
Quão justa é a Misericórdia Divina!

Que nos dá inúmeras oportunidades
De nascer e renascer…
Mas se nem isso acreditamos!
Preferimos enfrentar o dia a dia

Olhando apenas as mazelas
Sorrindo sem entender…
Que o verdadeiro sorriso
Vem do Espírito e não dos lábios!

Qual passarinho sem pouso
Voamos sem direção
Pelas vidas presenteadas
Com todo amor pelo Criador!

Nós nascemos e renascemos 
Sofremos sem motivo
Cantamos sem acompanhamento
Comemoramos sem saber por quê!

E a vida se torna um eterno tormento!
Bem leitores, acabou-se…
A esquisita Poesia
Vamos agora colocar os pingos nos “is”!

Para se ter “ninho”
Temos que ter merecimento
Para renascer precisamos nascer
E quando as indagações chegarem…

Precisamos buscar respostas
Nos lugares certos…
Para acreditar é necessário ponderar!
Enquanto apenas se voa sem direção

Nada de verdadeiro aparecerá!
Então o que fazer?
Orar para que o Papai do céu
Te conceda a luz do discernimento

E quando isto acontecer…
Não faça como São Tomé 
Nestas alturas da vida
Não é necessário ver para crer

Pois isto você já fez
E não deu nada certo…
Por isso teve que renascer
Para buscar o “pouso” e o “ninho”!

Poeta Estelar
by Elza Horai

 

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s