A Moça Vaidosa

A moça vaidosa
Olhou-se no espelho
Hum! Está faltando algo…
Talvez a bolsa vermelha!

Pode ser… mas preciso mesmo
Combinar melhor a roupa
Blusa florida e saia lisa
Talvez o contrário seja melhor…

Muito tempo se passou
E a indecisão prosseguia:
Põe vestido… escolhe bolsa…
Nada de tomar uma decisão

E o namorado está para chegar
Para levá-la ao cinema
E eis que entra no quarto…
Com ares de sabe tudo

A vizinha xereta!
Perguntou sem maiores rodeios:
Pra que tanta indecisão?
Afinal seu namorado

Nem repara na roupa que esta vestindo?
Mas que desmancha prazeres você é!
Respondeu chateada a moça vaidosa 
É que eu gosto de me arrumar bem

Não sou como você :  Desmazelada!
Bem… aí se instalou a confusão
As duas discutindo sem parar
Quando o namorado chegou…

Apartou o bate-boca
E quando soube o motivo da briga…
Não perdeu a oportunidade 
Disse com todas as letras:

Vocês duas são engraçadas
Brigando por um motivo bobo…
No céu todo mundo usa a mesma roupa!
As duas se entreolharam confusas

A vizinha xereta falou primeiro:
Você acha que vamos pro céu?
Não! As duas não vão pra lá!
Brigando deste jeito 

Só podem ficar por aqui
Para aprenderem a se respeitar
E depois para se preocuparem
Em ajudar os que não tem

Nem um trapo pra se cobrir
Olhou para moça vaidosa dizendo:
Vou sozinho pro cinema!
Deixando as duas à ver navios…

A moça vaidosa replicou:
Amiga, viu o que você fez?
Só porque eu sou
Um pouquinho vaidosa

Você tinha que implicar comigo?
Eu acho que temos que pensar
No que disse o seu namorado
Prometo que vou te respeitar!

E eu acho que vou doar
Umas roupinhas para os pobres
E assim as duas amigas
Foram juntas pro cinema…

Depois de aprenderem
Que a vaidade e o desrespeito
Devem ser combatidos
Com simplicidade e tolerância!

Poeta Estelar
by Elza Horai


“Vaidade palavra fria, que acopla energias tão densas que afastam ao invés de atrair “olhares” de aprovação. Considerando-se que a vida e o seu objetivo é sempre aumentar o lastro de luz que envolve o espírito em crescimento, é fácil concluir que a vaidade é um imã para atrair a inveja, a maledicência, a mentira, o culto exagerado ao corpo físico, portanto, contribui para que a claridade suave do caminho da Luz lentamente se torne indetectável. Elogios e falsas demonstração de aprovação inflam a consciência imatura, incapaz de discernir entre a Luz que emana das mais altas esferas de consciência com o brilho tosco do falso entendimento do que é a felicidade”
Amigo da Luz
Membro da Plêiade do Amor Universal

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s